Tuesday, September 04, 2007

"A Música Moçambicana Não Presta!"


Vocês se lembram daqele locutor da RDP África*, q por sinal é angolano, q veio pra cá uma vez (há uns dois anos atrás ou qê) pra dizer de boca cheia e com todas letras q “a música moçambicana não presta”? Naqela altura muitos de nós ficamos tipo “porra, esse gajo tem a coragem d vir aqi falar essas merdas...”, mas vamo lá ver: nessa altura o q é q nós tinhamos para o confrontar? Nova Geração- Gpro, Velha Guarda- António Marcos q aliás foi excepcionalmente elogiado pelo locutor. Hã? Só? Então o melhor da música do país é representada por um grupo de Rap? Não qero de forma alguma desrespeitar a Gpro, mas fogo! E António Marcos dele, se não é Antoninho Maengane não há mais nada. Pelo menos eu não ouvi mais nada.

Tamos em 2007 à poucos passos do seu terminus e pelos vistos a música moçambicana está a atravessar um momento bom, pelo menos à nível de popularidade como já referi na postagem anterior- a propósito votem, votem no artista mais popular de 2007. Só se curte música feita cá em casa agora. É no Chapa, é nas festas é só Dzucuta/ Pandza agora. Será q isso nos diz q a nossa música subiu de qualidade? Eu acho q não. O q acontece agora é q já existem condições técnicas e infraestruturais para se poder trabalhar: há mais e bons estúdios de gravação, já se produzem vídeos de muito boa qualidade para promover os músicos, aliás em matéria de vídeos Moçambique é, pode-se até dizer, uma potência. Mas tá faltar a arte, o conteúdo então. Quando José Mucavele e Hortêncio Langa falaram de conteúdos e invólucros naqele debate da Anabela Adrianopolous das qintas feiras em fevereiro, era disto q estavam a falar. Música não é só batida e melodia. Tens q dizer coisas. E por falar nisso só agora há pouco ouvi a mais recente de MC Roger e...pff!! Patrão pra aqi, Guebuza pra ali, epa o mesmo-mesmo de sempre. É este o “artista” q foi ao Brasil “mostrar o q o nosso país tem de melhor”. Porq não mandaram Mingas, Kapa Dêch, ou Neyma ou Doppaz se qeriam mandar alguém q faz “música moderna”?. Doppaz iria arrasar com aqela música de BabyFace...mas não, mandaram o “Patrão”! Assim como é q o locutor da RDP África vai passar a nossa música lá? Não tô a dizer q lá passa só música de alta qualidade, só tô a dizer.

*Não me lembro do nome



4 comments:

Inocencio said...

Topico quente este...A verdade eh que apesar de tanta controversia, chegou se a conclusao de que musica feita por mozambicanos, independentemente do ritmo, eh considerada musica mocambicana..Apesar de nas festas, nos chapas e em tudo quanto eh lugar se ouvir musica feita por mocambicanos, o facto de o conteudo tematico ser oco, praticamente nao dizer nada..continua a por a musica mocambicana muito lonf=ge dos patamares onde se encontram outros PALOPs pra nao dizer Africanos...Sera que a nossa musica eh Exportavel? O presta ou nao presta deve ser vista por ai..Nao pelo facto de ser consumido internamente..Temos de concordar que o acesso aos estudios melhorou e concerteza ta sa reflectir na quantidade de material que sai pra fora e consequentemente na disponibilidade que existe pra ser escutada..
Falei muito..damn..Sorry pelo espaco...
Cheers mate

Anonymous said...

ooops, me enganei. pensei ter encontrado um blog com um nivel diferente da gang bang ddb xs.

Carlos Serra said...

Vamos lá prosseguir este blogue, sempre crítico, sempre! Enlatados não fazem a história. Nem, muitas vezes, as boas intenções. Vou postar esta sua intervenção.

mãos said...

Vim pela mão do blog do prof. Carlos Serra. Sdorei o blog volto para visitar sempre.

Quanto a questão "A MUSICA MOÇAMBICANA NÃO PRESTA" apenas dizer que cada um esta livre de dizer o que lhe vem na alma bastando apresentar um argumento.

Cadaom no seu espaço. Eu "curto" o patrão na boa, no chapa, na boleia ou ainda quando tenho que acompanhar os meus sobrinhos nas festas,PATRÃO É PATRÃO TIO, assim é que gritos os sobrinhos, eu ca deste lado também grito...Para mim a m´suica de Moçambique ou melhor feita por moçambicanos é Exportavel sim, veja que podemos não valorizar os que os m´suicos fazem cá em casa, mas quando estamos fora, ou melhor os compatriotas fora quando estão em Festas exibem os Hortencio, Jose Mucavel, Alexandre Langa, Fany Mpfumo..gritando aqui está o sumo, alias o Dzukuta não é actual já se batia nos festas mano...Só para provar que é exportavel , o Chico António está em França para Chico Concertos e 35 participações com um grupo de teatro onde fazem parte cidadãos de Moçambique,japão e Congo...sem falar das participações em bandas sonoras...Nosso produto vende mano...